Conheça o Pronaf Jovem e saiba quem pode requisitá-lo!

A permanência do jovem no campo é uma realidade na agricultura familiar. Construir políticas públicas é de extrema importância para que fomentem e estimulem o jovem e um fator determinante para a construção de um modelo de vida no campo, uma opção pela agricultura que queremos. Para auxiliar os jovens, existe o programa de financiamento Pronaf Jovem. Vamos saber mais sobre ele?

O QUE É O PRONAF JOVEM? 
Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar Jovem, é o financiamento a pessoas físicas, sendo agricultores e produtores rurais familiares, para investimento nas atividades de produção, desde que os beneficiários sejam jovens entre 16 anos e 29 anos,  atendendo também a outros requisitos. É um incentivo, serve para facilitar o acesso e oferecer vantagens para que esses jovens financiem suas atividades produtivas.

QUAL O LIMITE QUE PODE SER CONTRATADO?
O limite de crédito oferecido é de R$ 16.500 com uma taxa de 2,5% ao ano. Pode ser utilizado para custear a implantação, ampliação e até mesmo a modernização da infraestrutura de produção e serviços nos estabelecimentos rurais.

O QUE É PRECISO PARA TER ACESSO AO PROGRAMA?
Para ter acesso ao Pronaf Jovem, o beneficiado deve ter ainda uma DAP – Declaração de Aptidão ao Pronaf. O jovem que desenvolve e administra atividades produtivas próprias, independentes, e que tenha renda própria de tais atividades poderá solicitar a emissão de sua própria DAP principal desde que cumpra os condicionantes de enquadramento exigidos. 

Existem também alguns subprogramas do Pronaf, veja a seguir!

Pronaf Agroindústria: financiamento a agricultores e produtores rurais familiares, pessoas físicas e jurídicas, e a cooperativas para investimento em beneficiamento, armazenagem, processamento e comercialização agrícola, extrativista, artesanal e de produtos florestais; e para apoio à exploração de turismo rural.

Pronaf Mulher: financiamento à mulher agricultora integrante de unidade familiar de produção enquadrada no Pronaf, independentemente do estado civil.

Pronaf Agroecologia: financiamento a agricultores e produtores rurais familiares, pessoas físicas, para investimento em sistemas de produção agroecológicos ou orgânicos, incluindo-se os custos relativos à implantação e manutenção do empreendimento.

Pronaf ECO: financiamento a agricultores e produtores rurais familiares, pessoas físicas, para investimento na utilização de tecnologias de energia renovável, tecnologias ambientais, armazenamento hídrico, pequenos aproveitamentos hidroenergéticos, silvicultura e adoção de práticas conservacionistas e de correção da acidez e fertilidade do solo, visando sua recuperação e melhoramento da capacidade produtiva.

Pronaf Mais Alimentos: financiamento a agricultores e produtores rurais familiares, pessoas físicas, para investimento em sua estrutura de produção e serviços, visando ao aumento de produtividade e à elevação da renda da família.

Pronaf Jovem: financiamento a agricultores e produtores rurais familiares, pessoas físicas, para investimento nas atividades de produção, desde que beneficiários sejam maiores de 16 anos e menores de 29 anos entre outros requisitos.  

Pronaf Microcrédito (Grupo “B”): financiamento a agricultores e produtores rurais familiares, pessoas físicas, que tenham obtido renda bruta familiar de até R$ 20 mil, nos 12 meses de produção normal que antecederam a solicitação da Declaração de Aptidão ao PRONAF (DAP).

Pronaf Cotas-Partes: financiamento para integralização de cotas-partes por beneficiários do Pronaf associados a cooperativas de produção rural; e aplicação pela cooperativa em capital de giro, custeio, investimento ou saneamento financeiro. 

Fonte: BNDES
Autoria: Nátaly Oliveira – graduanda em Eng. Agronômica pela FESB

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *