Os 5 erros que cometi em minha carreira por não ter inteligência emocional

No artigo abaixo a Eng. Agrônoma e Coach de Carreiras Agro, Ronara Lasmar, explana sobre os erros que cometeu em sua caminhada profissional por não ter conhecimento sobre inteligência emocional. Confira quais são e como evitá-los!


Onde eu desenvolvi minha inteligência emocional?

Nenhum texto alternativo automático disponível.Na família, no mercado de trabalho e no coaching. A base foi construída em casa, com pais amorosos, porém rígidos.

Em minha primeira fase no mercado de trabalho, tive como chefe um GESTOR DE PESSOAS (João Ricardo Giaquinto, vulgo “Jotão Veneno”), que continua sendo meu mentor. Nas fases seguintes, a maioria dos chefes eram GESTORES DE NÚMEROS e foram raros os que combinavam as duas competências.

Na fase atual, o coaching me ensinou a respeitar essa força chamada emoção, dominá-la e colocá-la para trabalhar a meu favor.

Em todas as fases eu aprendi que desenvolver as habilidades emocionais pode ser decisivo no caminho do sucesso profissional e pessoal.

Mas eu sou agrônomo, bruto, rústico e sistemático!

Então, seguem alguns exemplos de erros e aprendizados que obtive nesses 13 anos de agronomia tendo como filosofia a frase acima:

NÃO OBSERVAR O AMBIENTE: tenho o perfil “entusiasta” e me empolgo facilmente com projetos, insights e novidades. Em alguns momentos fiz o que achava que era certo, sem verificar se o ambiente permitia. 
APRENDIZADO: na dúvida, peça a opinião de um colega ou peça um feedback do seu chefe.

NÃO PEDIR AJUDA: no início de carreira eu tinha vergonha de pedir ajuda, pois acreditava que eu tinha estudado 5 anos e tinha obrigação de saber. Isso se repetiu em outras fases. 
APRENDIZADO: peça ajuda sempre que precisar. Só erra (e tem dúvidas) quem faz, como dizia meu amigo Fábio Lopes.

O MELHOR ATAQUE É A DEFESA: em uma fase da minha vida profissional tive chefes muito duros, que “bateram” forte e eu me defendi atacando. 
APRENDIZADO: a corda sempre vai arrebentar do lado mais fraco. Seja estratégico e tenha aliados (Game of Thrones).

DEIXAR ME INFLUENCIAR POR PESSOAS NEGATIVAS: as vezes são parentes, amigos ou colegas. Por amar, você permite a presença, a opinião, e se deixa influenciar. 
APRENDIZADO: como diz a minha coach (Noeme Julia) algumas pessoas são feitas somente para amarmos.

NÃO DAR ATENÇÃO ÀS EMOÇÕES E PONTOS FRACOS: meninos não choram, nem agrônomas. 
APRENDIZADO: isso custa muito caro!

Ou seja, transformei tudo em aprendizado. E esse foi um dos caminhos para desenvolver minha inteligência emocional.

Mas porque isso é tão importante? 

Quando você “vira” a chave e transforma o erro em aprendizado você envia uma mensagem para o seu cérebro e para o seu corpo. Acredite! Seu cérebro é uma máquina poderosa que executa perfeitamente os comandos que você dá a ele, como um computador. Erro, culpa e fracasso ou aprendizado, auto responsabilidade e evolução?

Hoje eu consigo escrever sobre esses erros porque eles não me incomodam mais, ao contrário, sinto orgulho de mim por ter tido tantos aprendizados e ter conhecido tantas pessoas que me ensinaram lições preciosas. Isso é libertador!

E o que isso tem a ver com carreira e mercado?

Não adianta você ficar desesperado para encontrar um emprego e quando estiver trabalhando, não aceitar o feedback do seu chefe. Arrumar um emprego e depois perceber que os valores da empresa não são os mesmos dos seus e, por isso, você não se compromete 100% com os objetivos/metas da empresa. Conseguir um cargo de chefia e se tornar arrogante e vaidoso e, por isso, não pedir feedback para sua equipe. Ser demitido por falta de resultados (pois tem uma equipe desmotivada) e buscar culpados, se eximindo da responsabilidade.

Antes de sermos profissionais, somos gente e isto não é “mimimi”. Este é o caminho para termos profissionais mais felizes e realizados, produzindo no máximo do seu potencial e com maiores ganhos (principalmente financeiros) para profissionais e empresas.

Você concorda com esse artigo? Se sim, curta e compartilhe. Se não, deixe sua opinião abaixo. Vamos conversar mais sobre este assunto.

Um grande abraço e uma semana de bênçãos para todos nós!

Ronara Lasmar – agrouniversitario.com 

A imagem pode conter: 1 pessoa, sorrindo, em pé, texto, atividades ao ar livre e natureza

 

 
 

&nbs;

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *